BRASCOL e ITAG são destaque no portal GBL com utilização dos BEACONS

destaque no portal gbl 2

Atacadista de marcas infantis implantou sistema de acompanhamento do cliente dentro das lojas e vai lançar site de comércio eletrônico para lojistas em junho.

 

Inovar nas vendas é uma estratégia importante para continuar relevante em um período de esfriamento da economia. A atacadista de roupas infantis Brascol aposta em novas tecnologias para entender melhor o cliente. Por meio de sensores, a empresa monitora a movimentação dos consumidores em seu centro de compras atacadista no Brás, na capital paulista, e suas preferências. Os vendedores recebem essas informações em tablets permitindo que direcionem o cliente para as promoções e lançamentos. “Em uma segunda fase, uma vez logado ao entrar no shopping, o cliente vai receber essas informações em um aplicativo em seu celular”, explica o superintendente da Brascol, Antonio Almeida.

Outra novidade é o lançamento de um site de comércio eletrônico B2B (business to business) para os lojistas. O e-commerce1 da Brascol será um marketplace que vai reunir as marcas próprias e, futuramente, as grifes parceiras. O objetivo é dar mais opções ao lojista para reposição de estoques de produtos específicos. “Pelo site, o cliente poderá encomendar itens de giro mais rápido sem ter que voltar à loja”, afirma.

A Brascol tem oito marcas divididas por faixa etária e gênero. A Gijo Kids atende meninos de 1 a 3 anos, a Gijo de 4 a 12 anos e a Oksyde de 14 a 18 anos. Para meninas, tem a Kookabu de 1 a 2 anos, a Color Girls de 4 a 12 anos e a Pami de 14 a 18 anos. A moda bebê divide-se entre Baby Gijo e Din Don. Conta com 120 fornecedores e em torno de 300 marcas parceiras.

O centro de compras, no Brás, tem 60 lojas e está diversificando a linha de produtos. “No ano passado foram abertas lojas de calçados, acessórios, decoração e puericultura para complementar o mix para crianças e adolescentes”, afirma Almeida.

De acordo com o executivo, neste início de ano a Brascol manteve o ritmo de vendas comparado ao ano passado, prevendo uma retomada da economia no segundo semestre.

O e-commerce da Brascol já funciona atualmente. Confira neste link uma matéria no qual falamos mais sobre as conquistas já alcançadas por ele.

Esta matéria foi escrita por Ana Luiza Mahlmeister em 10/05/2016 – GBLJeans