Conheça os vencedores do Prêmio IoT RFID 2018

A Personalidade 2018 é Henrique Miguel, do MCTIC; premiação vai para Zebra, iTag e Synergy; e dois projetos ficam com o Melhor da Academia

Por Edson Perin

Associação Brasileira da Indústria de Identificação por Radiofrequência (ABRFID) realizou a cerimônia de entrega do II Prêmio IoT RFID 2018 nesta terça-feira, dia 28 de agosto de 2018, na Arena Central do LATAM Retail Show, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Foram conhecidos os vencedores das três categorias por verticais, a nova categoria Melhor da Academia e a homenagem ao profissional de destaque no desenvolvimento do ecossistema de RFID no Brasil.

Começando pelo homenageado do ano, o grupo de associados da ABRFID elegeu Henrique Miguel, do Ministério da Ciência, Tecnologia Inovação e Comunicações (MCTIC), como Personalidade IoT RFID 2018. A homenagem foi concedida em reconhecimento às contribuições de Miguel ao longo dos anos, para o desenvolvimento e aplicação das tecnologias de identificação por radiofrequência (RFID) e do conceito de Internet das Coisas (IoT, sigla do inglês Internet of Things) no Brasil.

Da esq. para dir., Edson Perin (RFID Journal Brasil / ABRFID); Henrique Miguel (MCTIC); Adriano Franki (Valid / ABRFID); Maurício Strasburg (Synergy); Sérgio Gambim (iTag); Beatriz Relva Romano (VIP Systems / representando a Profa. Dra. Regiane Relva Romano); Suely Pieri (T-Systems / representando a Zebra Technologies); Prof. Marcelo Ramalho (FGV-RJ / representando o Prof. Dr. Samuel Bloch da Silva); Profa. Dra. Renata Rampim (Unicamp / ABRFID); Pedro Mucilo (Ceitec / ABRFID); Cláuber Rocha (Honeywell / representando o presidente da ABRFID, Reinaldo Andrade); e o Prof. Dr. Marcelo Lubaszewski (UFRGS / ABRFID), chairman do Prêmio IoT RFID 2018

O prêmio também reconheceu o pioneirismo e a inovação de três empresas que implantaram a tecnologia RFID ou o conceito de IoT para beneficiar negócios em mercados verticais distintos. Os vencedores foram escolhidos por um Conselho de Jurados formado por professores e pesquisadores de universidades brasileiras, que se dedicam à geração de conhecimento sobre RFID e IoT em território nacional. O Conselho de Jurados esteve sob a coordenação e supervisão dos professores doutores Marcelo Lubaszewski (UFRGS) e Renata Rampim (Unicamp).

As três empresas vencedoras do Prêmio IoT RFID 2018 foram as seguintes, com seus respectivos casos de sucesso:

Produção 4.0
Empresa: Zebra Technologies
Caso de Sucesso: Congonhas moderniza segurança e operações
O aeroporto está usando RFID e RTLS para controlar o acesso em rampa e melhorar o monitoramento de ativos e equipe, com custos menores.

Comércio 4.0
Empresa: iTag Tecnologia
Caso de Sucesso: Levi’s testa uso de RFID com sucesso
Somatória de fatores, incluindo a maior eficiência na reposição das mercadorias para venda, levou a empresa a vender 56% a mais na Black Friday 2017.

Automação e Inovação
Empresa: Synergy
Caso de Sucesso: Synergy desenvolve tecnologia em plena crise no Brasil
A empresa brasileira está lançando equipamentos de identificação por radiofrequência (RFID) inovadores e de classe internacional.

Henrique Miguel (MCTIC), Personalidade IoT RFID 2018

O processo seletivo das empresas contou com a participação dos seguintes professores no Conselho de Jurados, Fernando Rangel de Sousa, UFSC; Glauco Fontgalland, UFCG; Jean Louis Silva Santos, IFS; Samuel Bloch da Silva, ITA; Marcelo Lubaszewski, UFRGS; e Renata Rampim, UNICAMP; sob a coordenação dos dois últimos. Todos receberão certificados oficiais da ABRFID pela participação.A grande novidade deste ano foi o Prêmio Melhor da Academia, que reconheceu com premiações em dinheiro os melhores trabalhos realizados em universidades brasileiras e que favoreçam de alguma maneira as empresas que implantam soluções de Internet das Coisas (IoT) e identificação por radiofrequência (RFID). A escolha foi feita pelo grupo de associados da ABRFID.

O Prêmio IoT RFID Melhor da Academia agraciou a Profa. Dra. Regiane Relva Romano com um troféu e R$ 1.500,00, pelo projeto Smart Campus Facens, construindo uma cidade inteligente em um campus universitário, em Sorocaba (SP). O segundo colocado foi o Prof. Dr. Samuel Bloch da Silva, do ITA, autor do projeto Um estudo exploratório envolvendo RFID e a previsão de vendas na projeção de posições de estocagem, que recebeu um troféu e mais R$ 1.000,00.

Os troféus do II Prêmio ABRFID foram confeccionados em impressora 3D, uma cortesia do Sinctronics, com material plástico reciclado pelo próprio Sinctronics a partir de equipamentos de Tecnologia da Informação (TI) descartados, como impressoras, cartuchos de tinta e celulares, em processos utilizando RFID.

E mais: um minicongresso com representantes de empresas como Levi’s (Levi’s testa uso de RFID com sucesso), Brascol (Brascol investe no controle de estoque eficiente) e Grupo Mari (Loja reduz tempo de check-out em 80%) mostrou as experiências bem-sucedidas dessas empresas com IoT e RFID nos negócios.

Espaço ABRFID, com iTag, Honeywell e RFID Moura

As empresas patrocinadoras do Espaço ABRFID 2018, no LATAM Retail Show, são HoneywelliTag Tecnologia e RFID Moura, que expõem suas soluções ao Espaço da ABRFID até o dia 31 de agosto.Neste ano, a diretoria da ABRFID foi composta pelo presidente Reinaldo Andrade (Honeywell), o vice-presidente Adriano Franki (Valid), Carlos Ribeiro (SmartX Technologies), Roger Davanso (CCRR) e Pedro Moreira (SmartX).

Matéria publicada pelo RFID Journal Brasil.