iTAG recebe prêmio IoT RFID pela ABRFID – Associação Brasileira da Indústria de Identificação por Radiofrequência

premiação abrfid

A primeira edição teve três categorias por verticais, a categoria GS1 e a homenagem ao profissional de destaque no desenvolvimento do ecossistema de RFID no Brasil

 

1 de setembro de 2017 – O Pavilhão IoT RFID da Associação Brasileira da Indústria de Identificação por Radiofrequência (ABRFID) no Latam Retail Show – realizado de 29 a 31 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP) – foi palco da entrega do primeiro Prêmio ABRFID. A edição pioneira do prêmio teve três categorias por verticais, a categoria GS1 EPCglobal e a homenagem ao profissional de destaque no desenvolvimento do ecossistema de RFID no Brasil. O prêmio ABRFID teve o apoio da GS1 Brasil.

Começando pelo homenageado do ano, a diretoria da ABRFID elegeu Kami Saidi, da HP, por unanimidade, como Personalidade IoT RFID 2017. A homenagem foi concedida pela diretoria da ABRFID em reconhecimento pelas contribuições pioneiras de Saidi para o desenvolvimento e aplicação das tecnologias de identificação por radiofrequência (RFID) no Brasil.

Graças à visão de Saidi, a HP adotou a RFID sob uma perspectiva inovadora na linha de produção de impressoras, em Sorocaba (SP), incentivando também a disseminação do conhecimento adquirido por meio da criação do Centro de Excelência em RFID (RFID CoE), que já capacitou mais de 800 profissionais.

Kami, que não pode estar presente na cerimônia, foi representado por Marcelo Pandini, membro de sua equipe e outro profissional da HP com histórico de conquistas e realizações no mundo das tecnologias de RFID e de IoT.

A ABRFID foi representada nesta escolha pelo presidente Adriano Franki (Valid), o vice-presidente Reinaldo Andrade (Honeywell), Carlos Ribeiro (SmartX Technologies), Roger Davanso (CCRR) e Pedro Moreira (SmartX). O processo de escolha teve o acompanhamento do Prof. Dr. Marcelo Lubaszewski, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

O prêmio também reconheceu o pioneirismo e inovação de três empresas que implantaram a tecnologia RFID ou o conceito de IoT (em português, Internet das Coisas), para beneficiar negócios de dentro ou de fora do Brasil, em mercados verticais distintos. Uma das vencedoras foi a iTAG, na categoria GS1 EPC Global, trazendo o processo RFID implantado na Biomecânica – para saber mais sobre o case, clique aqui.

iTAG recebe prêmio IoT RFID pela ABRFID - Associação Brasileira da Indústria de Identificação por Radiofrequência 1

Prêmio IoT RFID 2017 recebido pela iTAG com case Biomecânica

Os vencedores foram escolhidos por um Conselho de Jurados formado por professores e pesquisadores de universidades brasileiras, que se dedicam ao incremento do conhecimento sobre RFID e IoT em território nacional. O Conselho de Jurados esteve sob a coordenação e supervisão dos professores doutores Marcelo Lubaszewski (UFRGS) e Renata Rampim (Unicamp).

Entre os jurados, participaram os professores doutores Fabio Lima, FEI; Fabiano Hessel, PUCRS; Fernando Rangel de Sousa, UFSC; Glauco Fontgalland, UFCG; Jean Louis Silva Santos, IFS; Marcelo Lubaszewski, UFRGS (coordenador); Renata Rampim, UNICAMP (coordenadora); e Samuel Bloch da Silva, ITA.

Os troféus do primeiro Prêmio ABRFID foram confeccionados por impressora 3D do Sinctronics, com material plástico reciclado pela empresa a partir de equipamentos de Tecnologia da Informação (TI) descartados, como impressoras, cartuchos de tinta e celulares, em processos utilizando RFID. Sendo assim, o troféu do Prêmio ABRFID, além de sustentável, utiliza o conceito de Economia Circular, que foi apresentado pelo Sinctronics no estande da associação.

Outra importante realização do Pavilhão IoT RFID foi a palestra de Mark Roberti, editor e fundador do RFID Journal, um dos maiores especialistas globais em RFID e palestrante dos seminários gratuitos do Latam Retail Show. Roberti veio ao Brasil com o patrocínio do RFID CoE para falar sobre como a tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) beneficia as estratégias omnichannel das empresas de varejo.

Em sua palestra, Roberti abordou a aplicação de estratégias reais de omnichannel; maneiras de implantar o conceito de Internet das Coisas (ou IoT, do inglês Internet of Things), com base na tecnologia RFID, de baixo custo; modos de realizar investimentos em tecnologia com eficiência e Retorno sobre o Investimento (ROI), tendo foco em rastrear produtos na cadeia de suprimentos, oferecer novas experiências para atrair novos clientes e reduzir custos.

Esta matéria foi escrita por Edson PerinRFID Journal Brasil.