Levi's Aplicou RFID para Black Friday

Levi's applied RFID

Levi’s aplicou RFID para Black Friday

 

A Levi’s tornou-se a mais nova adepta da tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID), para utilização no rastreamento e controle de inventário. A implantação do projeto realizada pela iTAG, trouxe resultados positivos logo nos primeiros meses de execução.

Sistema da Etiqueta RFID em foco

Veja uma de nossas matérias (Clique Aqui)

O checkout nos caixas de pagamento também utilizam a identificação por radiofrequência para realizar as vendas, dar baixa de maneira automática dos itens comercializados no estoque e também para impedir a passagem dos produtos furtados pelo portal de saída. Quando o operador realiza a leitura pelo coletor, os resultados vão diretamente para o aplicativo, com informações totais ou parciais dos produtos.

Para validar o controle de produtos furtados na loja, no momento do faturamento dos produtos, mais um software da iTAG entra em ação, desta vez o iTAG Anti-Furto 2.0 que valida o faturamento dos itens realizando a gravação do número da nota fiscal de saída. Caso um item não tenha sido faturado e não conste na nota fiscal de saída, o software entrará em ação acusando por meio do tablet que possui o iTAG Alert, que é utilizado pelo gerente da loja.

Comentário sobre o RFID

“Uma coisa é certa: a capacidade de repor peças nas prateleiras com facilidade e velocidade foi um dos elementos determinantes deste sucesso no crescimento de vendas em nossas lojas. Só não sabemos determinar o quanto foi graças à RFID especificamente […]” explicou Rui Araújo Silva, diretor-geral da Levi’s no país.

Provavelmente, se a tecnologia não tivesse sido implantada a tempo, as vendas poderiam ter sido freadas pela incapacidade de abastecer os pontos de venda com maior regularidade e precisão.

Nos acompanhe pelas Redes Sociais:

Facebook
Instagram
LinkedIn
YouTube

Até a Próxima ! 🙂