Uma só pessoa faz inventário de 15 mil peças, em uma hora, com solução iTag

for boys for girls-768x6431-1

Imagine fazer o inventário de uma loja com 15 mil peças de roupas usando leitores de códigos de barras. Seriam necessárias oito preciosas horas de trabalho de quatro pessoas para terminar o serviço. Detalhe: com um índice máximo de acerto de 86%. Agora, imagine o mesmo inventário, da mesma loja com 15 mil peças de roupas em estoque, sendo feito por uma só pessoa, em apenas uma hora de trabalho. E mais: com acerto perto de 100%. Sim, é possível por meio da tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID).

O exemplo acima não é ficção. Foi exatamente o que aconteceu com a rede de lojas For Boys For Girls, do Estado do Paraná, com filiais em quase três dezenas de cidades como Apucarana, Cianorte, Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá e Umuarama. Após investir na tecnologia de RFID desenvolvida e implantada pela iTag Etiquetas Inteligentes, pode-se dizer que o tempo de inventário com RFID se tornou 32 vezes menor do que quando a empresa utilizava apenas códigos de barras.

A For Boys For Girls aposta no conceito de que a moda deve ser acessível e descomplicada. Sob a direção e cuidado da mesma família há mais de duas décadas, a marca começou no ramo de private label e hoje possui 28 lojas próprias de varejo espalhadas pelo Paraná. A companhia atende ao público feminino e masculino e oferece novidades para os consumidores duas vezes por semana. A lojas funcionam no sistema “entre e fique à vontade” – o cliente não será abordado, exceto se chamar um atendente.

Antes da RFID, havia a impressão de etiquetas e o posterior envio para aplicação no setor de acabamento das peças. Depois da costura da etiqueta, o produto retornava para a fábrica, onde havia o processo de conferência manual, com leitores de códigos de barras. Cada peça tinha de ser conferida por dois funcionários: um trabalho de 8 horas para cada 5 mil peças de jeans. Em seguida, ocorria o picking de produtos, ou seja, as ações combinadas de coleta e separação dos itens para atender ao pedido de uma venda ou transferência.

A conferência de saída de produtos pós-picking exigia uma equipe de 13 pessoas em turnos de oito horas diárias, com capacidade para verificar até 3 mil peças por turno. Após embalado, era gerado um romaneio para conferência manual na loja. A conferência na loja exigia abrir os volumes, fardo a fardo, para conferir as quantidades de mercadorias. Nesta etapa, consumia-se mais de um dia e, se ocorressem perdas de contagem no meio do processo, o time tinha de reiniciar tudo de novo.

Os inventários sem RFID exigiam bipar etiqueta por etiqueta por códigos de barras, uma atividade responsável por um gasto de um dia inteiro de trabalho de quatro funcionários e com um índice de erro próximo de 15% para contar as 15 mil peças.

Quer saber mais? Clique aqui e entre em contato com a iTag Etiquetas Inteligentes e conheça o que de melhor a tecnologia de RFID pode fazer pela sua empresa no Brasil. Ou clique aqui para conhecer mais sobre a tecnologia iTag no Youtube.

A íntegra do caso de sucesso da For Boys For Girls saiu no IoP Journal (clique para ler).

Palavras-chave: rfid para controle de estoque, rfid para localizar objetos, rfid para gado, rfid para eventos, rfid para pneus, rfid para que serve, rfid como funciona pdf, rfid como se usa, tarjeta rfid, rfid e codigo de barras, rfid e suas aplicações, rfid chip, rfid custo, rfid card, rfid carteira, rfid controle de estoque, rfid controle de acesso, rfid etiqueta, rfid estoque, rfid empresas, rfid em supermercados, rfid leitor, rfid logística, rfid longa distancia, rfid longo alcance, rfid label, rfid lavanderia, rfid valor, estoque como controlar, estoque como organizar